Sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Servidores formam Grupo de Trabalho para criação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários

Servidores formam Grupo de Trabalho para criação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários

  • [ÚLTIMA CHAMADA - INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 23/7] Interessados em participar devem preencher o formulário no www.sindserv.com/grupoplanodecargos

    Em assembleias realizadas nas três sedes do Sindserv, os servidores aprovaram por unanimidade a criação de um Grupo de Trabalho para criação da minuta do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da categoria. Os interessados devem fazer a solicitação até 18 de junho por meio do formulário no www.sindserv.com/grupoplanodecargos ou ligar/WhatsApp para o (12) 99126.1511. A lista com todos os nomes será divulgada no site, no dia 20 de junho, e a diretoria entrará em contato por telefone para informar a data da primeira reunião.

    A presidente do Sindserv reforça a importância da união e participação da categoria neste momento. “É hora de reunirmos todas as necessidades de cada setor e o que pode ser valorizado em nossa carreira para montarmos um documento que reflita os anseios dos servidores. Para isso, representantes das diferentes áreas que compõe nossa prefeitura precisam estar presentes neste processo. Sempre sonhamos com este momento e é preciso do empenho de cada um para que se concretize”, afirma Cristiane Leonello.

    O Sindserv ainda destaca que a Diretoria está iniciando o levantamento de diferentes Planos de Cargos, Carreiras e Salários implantados na região para que seja apresentado ao Grupo de Trabalho. Além de disponibilizar o formulário www.sindserv.com/sugestoesplanodecargos para todos os servidores que queiram fazer propostas que serão direcionadas ao GT. Após a elaboração da minuta, o documento será apresentado para a categoria para análise e deliberações de encaminhamentos.

    Salário Mínimo

    Na assembleia, os servidores também aprovaram que a Diretoria dará continuidade a luta para que nenhum funcionário público municipal tenha vencimento abaixo do salário mínimo Federal. Diante disso, o Jurídico da entidade sindical está elaborando um parecer que será apresentado à administração com a readequação dos menores vencimentos da tabela de referência e outras medidas jurídicas que precisam ser tomadas para que seja cumprido o que está disposto na Lei Municipal 146/2011, Estatuto do Servidor.

    “O servidor não pode ficar recebendo parcela complementar a vida toda. Pois essa diferença não vai para a aposentadoria, não é utilizada para o cálculo dos adicionais, e ainda quando vem reajuste salarial para todo mundo, por vir em cima do salário base, o pagamento dele praticamente não muda. Precisamos mudar isso e é de extrema importância que os servidores participem cada vez mais e estejam presentes nas atividades sindicais”, explica Cristiane Leonello.

    Mais informações no Sindserv pelo (12) 3892.1545 / (12) 99126.1511 - www.sindserv.com.