Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Secretária de Educação recebe diretoria para reunião

  • Após solicitação do Sindserv, secretária de Educação recebe diretoria para reunião

    A diretoria do Sindserv foi recebida na Secretaria de Educação para uma reunião em relação a volta às aulas presenciais. O Sindicato fez a solicitação por meio do Ofício 126/2021 para poder apresentar questionamentos em relação a situação atual das unidades de ensino e da biossegurança da comunidade escolar.

    Na reunião, que contou com a presença da secretária, do secretário adjunto e do departamento Jurídico da Seduc, a diretoria do Sindserv cobrou, principalmente, a falta de funcionários em quantidade suficientes para atender a demanda das escolas; a insuficiência de alguns materiais de higiene para atender aos protocolos; entre outras necessidades levantadas durante visita aos setores.

    A diretoria do Sindserv também ressaltou a importância de buscar soluções urgentes para que não haja superlotação no transporte escolar e que se mantenha o distanciamento entre os alunos nas salas de aulas. Ainda explicou sobre a falta de condição estrutural de escolas, como falta de ventilação devido janelas emperradas, e informou que será feita nova vistoria em todos os prédios.

    A presidente do Sindserv, Cristiane Leonello, também solicitou que a secretaria oriente os gestores em relação a postura e tratamento adequados para com os demais trabalhadores das escolas. E ainda destacou a importância de que a Seduc realize o procedimento de comunicar aos demais da unidade escolar quando houver confirmação de caso de Covid-19, principalmente aos que convivem na mesma sala de aula, ou aos responsáveis em caso de crianças.  

    Outro ponto importante foi de reforçar a solicitação para que seja garantido o direito a reposição das faltas dos trabalhadores que participaram da paralisação do dia 18 de agosto. E que a falta seja justificada enquanto não ocorrer a reposição.

    A secretária de Educação informou que irá verificar todas as informações apresentadas pelo Sindicato e que irá analisar formas de atender as solicitações, inclusive, em relação a falta de funcionários. Neste caso,  afirmou que o Jurídico já está analisando para possível continuidade no chamamento do concurso público vigente.